• Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
Adrenanews

Medite: Feliz a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua herança !!! - Salmos Cap: 33 Vers: 12

Surfnews


Quiksilver Pro Gold Coast 2018

Publicado em: 13/03/2018

Em ondas de 3-4 pés com boa formação em Snapper Rocks, foram disputadas as baterias do segundo round pelo Quiksilver Pro Gold Coast 2018. Foi um dia de saldo positivo para o time brasuca, pois dos nove brasileiros que competiram nesta terça-feira, cinco conquistaram suas vagas para o terceiro round e se juntam a Filipe Toledo e Italo Ferreira, na disputa pelo título da primeira etapa do World Surf League Championship Tour 2018. A próxima chamada na Gold Coast será às 18h desta terça-feira aqui no Brasil, 08 horas da manhã de quarta-feira na Austrália, com a chamada para o terceiro round masculino.

Italo Ferreira em ação nas boas ondas de domingo em Snapper Rocks. Foto: WSL - Kelly Cestari

A "zebra correu solta" na Gold Coast assim como a campeã mundial, Tyler Wright que perdeu o status da lycra amarela na segunda-feira pelo Roxy Pro Gold Coast 2018. O campeão mundial o havaiano John John Florence foi surprendido pelo australiano Mikey Wright  de apenas 21 anos, irmão mais novo de Owen e Tyler Wright na primeira bateria do dia e também perdeu a bateria e a lycra amarela que será vestida pelo campeão em Snapper Rocks. Mikey surfando duas boas ondas não deu chances ao bicampeão mundial, que acabou amargando a eliminação ainda no segundo round.

John John Florence em ação nas boas ondas de terça-feira em Snapper Rocks. Foto: WSL Kelly Cestari

Espantando a "zebra" Gabriel Medina começou a segunda bateria tomando logo a iniciativa de pegar a primeira onda e iniciar a bateria na liderança e logo na sequencia ampliou a vantagem pegando uma segunda boa onda. O Italiano Leonardo Fioravante, buscando uma reação surfou várias ondas reduzindo a vantagem. Mas Medina que de bobo não tem nada eliminou a reação do italiano surfando a sua melhor onda na bateria e carimbando o seu nome para o terceiro round .

Gabriel Medina em ação nas boas ondas de terça-feira em Snapper Rocks. Foto: WSL Kelly Cestari

Mas quem pensou que a "zebra" tinha fugido e ido embora, se enganou. Na terceira bateria com a desistência do onze vezes campeão mundial, Kelly Slater, que voltou a sentir a lesão no pé direito que o deixou longe das competições no ano passado. O sul-africano Michael February foi escalado para o seu lugar e com uma excelente escolha de ondas e com muita tranquilidade, fez a mala do australiano Matt Wilkinson.

Michael February em ação nas boas ondas de terça-feira em Snapper Rocks. Foto: WSL - Ed Sloane

A quarta bateria foi a primeira de um confronto 100% verde e amarelo com Adriano de Souza e Ian Gouveia que fizeram uma disputa bastante equilibrada, porém a experiencia do campeão mundial de 2015, falou mais alto, pois surfou a maioria das ondas na bateria, espantando a "zebra" por hora. Na sexta bateria a "zebra" voltou aparecer mas desta vez para a alegria dos brasucas, com vitória de Michael Rodrigues com direito a tubaço do brasileiro, sobre o havaiano Sebastian Zietz.

No segunda bateria 100%  brazuca desta madrugada aqui no Brasil, a "zebra" voltou com Willian Cardoso superando o top da elite mundial, Caio Ibelli, na sua última onda em uma bateria de ondas fracas. A "zebra" aparecia e era afugentada, uma pena para Yago Dora que ela não apareceu com o brasuca, superado pelo norte-americano Conner Coffin. Mas a seguir ela apareceu novamente na vitória brasuca de Tomas Hermes sobre o francês Joan Duru. Na última bateria do dia no confronto de dois estreantes na elite o brasuca Jesse Mendes começou bem a bateria, mas lhe faltou uma segundo high-score sendo eliminado pelo australiano Wade Carmichael.

Jesse Mendes em ação nas boas ondas de domingo em Snapper Rocks. Foto: WSL - Ed Sloane

TERCEIRO ROUND - Sete brasucas seguem na luta pelo título da etapa inaugural, com Willian Cardoso enfrentando o australiano Owen Wright na primeira bateria, Tomas Hermes versus o norte-americano Colohe Andino na terceira bateria. Filipe Toledo terá o compatriota Italo Ferreira na quarta bateria, já pela sexta bateria, será a vez de Gabriel Medina, enfrentar a maior "zebra" da etapa o australiano Mikey Wright. No décimo, Adriano de Souza encara o australiano Wade Carmichael e Michael Rodrigues enfreta o sul-africano Jordy Smith, na última bateria deste round. A próxima chamada na Gold Coast será às 18h desta terça-feira aqui no Brasil, 08 horas da manhã de quarta-feira na Austrália, com a chamada para o terceiro round masculino.

Tomas Hermes em ação nas boas ondas de domingo em Snapper Rocks. Foto: WSL - Ed Sloane

TERCEIRO ROUND – QUIKSILVER PRO GOLD COAST – 13.o lugar com 1.665 pontos e US$ 11.500:

1.a: Owen Wright (AUS) x Willian Cardoso (BRA)

2.a: Mick Fanning (AUS) x Conner Coffin (EUA)

3.a: Kolohe Andino (EUA) x Tomas Hermes (BRA)

4.a: Filipe Toledo (BRA) x Italo Ferreira (BRA)

5.a: Jeremy Flores (FRA) x Adrian Buchan (AUS)

6.a: Gabriel Medina (BRA) x Mikey Wright (AUS)

7.a: Julian Wilson (AUS) x Michael February (AFR)

8.a: Frederico Morais (PRT) x Kanoa Igarashi (EUA)

9.a: Joel Parkinson (AUS) x Griffin Colapinto (EUA)

10: Adriano de Souza (BRA) x Wade Carmichael (AUS)

11: Connor O´Leary (AUS) x Michel Bourez (TAH)

12: Jordy Smith (AFR) x Michael Rodrigues (BRA)

SEGUNDO ROUND – Vitória=Terceiro Round e Derrota=25.o lugar com 420 pontos e US$ 10.000:

Baterias realizadas nesta terça-feira: 

1. John John Florence (HAV) 10.76 x Mikey Wright (AUS) 15.10

2. Gabriel Medina (BRA) 11.77 x Leonardo Fioravanti (ITA) 7.90

3. Matt Wilkinson (AUS) 8.97 x Michael February (AFS) 11.03

4. Adriano de Souza (BRA) 11.40 x Ian Gouveia (BRA) 10.44

5. Joel Parkinson (AUS) 17.03 x Patrick Gudauskas (EUA) 9.67

6. Sebastian Zietz (HAV) 10.80 x Michael Rodrigues (BRA) 14.67

7. Frederico Morais (POR) 12.16 x Ezekiel Lau (HAV) 9.90

8. Kanoa Igarashi (JAP) 10.60 x Keanu Asing (HAV) 8.86

9. Caio Ibelli (BRA) 10.83 x Willian Cardoso (BRA) 12.90

10. Conner Coffin (EUA) 12.20 x Yago Dora (BRA) 10.60

11. Joan Duru (FRA) 12.17 x Tomas Hermes (BRA) 14.93

12. Jesse Mendes (BRA) 10.00 x Wade Carmichael (AUS) 11.74

O prazo do Quiksilver & Roxy Pro Gold Coast, vai até o dia 22 de março em Snapper Rocks, com a etapa de abertura do World Surf League Championship Tour 2018 sendo transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo Facebook Live da WSL.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensesn, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo. Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

VEJAM OS VÍDEOS ABAIXO COM OS MELHORES MOMENTOS DA TERÇA-FEIRA EM SNAPPER:

Fonte: Edição e Reportagem: Edson Andrade


Adrenanews - Todos os Direitos Reservados

Site desenvolvido por Arara Azul