• Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
  • Publicidade
Adrenanews

Medite: Feliz a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua herança !!! - Salmos Cap: 33 Vers: 12

Surfnews


Oi Rio Pro 2018

Publicado em: 12/05/2018

Na onda do Oi Rio Pro, a Oi anuncia a chegada de duas novas atletas para compor o time de surfistas patrocinados pela companhia: Tatiana Weston Webb e Tainá Hinckel. Em Saquarema, as duas estamparão a marca da Oi em suas pranchas, Tatiana na etapa carioca do Campeonato Mundial da WSL e Tainá lutando por uma vaga para participar do torneio da elite. Elas se juntam ao grupo de atletas apoiados pela Oi, que reúne Silvana Lima, Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Adriano de Souza e Davizinho, estrelas do surfe internacional.

Tatiana Weston-Webb em ação. Foto: WSL / Ed Sloane  

Recém-naturalizada brasileira, Tatiana, que competia pelo Havaí, fará sua estreia como atleta do Brasil no Oi Rio Pro, nas águas de Saquarema, brigando para subir para a terceira posição no ranking da WSL. Já a catarinense Tainá é uma das grandes apostas do surfe nacional. Aos 14 anos, em 2017, passou pela triagem e participou da etapa principal do Oi Rio Pro. Agora, em 2018, vai brigar novamente por uma vaga junto à elite do surfe mundial. 

Com o apoio às novas atletas, a Oi reforça sua posição de incentivo ao esporte. Patrocinadora oficial da etapa brasileira do World Surf League Championship Tour, a Oi apoia grandes eventos esportivos, equipes e atletas de diferentes modalidades como surfe e skate e eventos de cultura urbana. O incentivo da Oi a projetos esportivos é estratégico, pois reconhece a importância do esporte como ferramenta de interação entre as pessoas - e destas com a cidade - seja através da prática do esporte, ou por meio de suas manifestações culturais, como o grafite e a música.

Equipe Oi de Surf. Foto: Oi - Marcos André Pinto 

“Há quatro anos, patrocinamos o Oi Rio Pro. Nossa marca está junto com os principais nomes do surfe nacional, nas categorias feminina, masculina e adaptado. Agora, estamos reforçando esse time, com as duas novas atletas. Além disso, estamos lançando um edital para apoiar iniciativas de inclusão social através do surfe na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. O esporte está no nosso DNA”, explica Bruno Cremona, gerente de Patrocínios e Eventos da Oi. 

Novas Atletas: 

Tatiana Weston Webb:

Filha de um inglês e de uma brasileira, Tatiana nasceu em Porto Alegre, mas ainda bebê foi morar na ilha de Kauai, no Havai. Vai completar 22 anos, no dia 09 de maio. Está em quarto ligar no ranking da WSL e surfa desde os oito anos. Competirá pela primeira vez pelo Brasil no Oi Rio Pro 2018. 

Tainá Hinckel:

Natural de Florianópolis (SC), Tainá é local da Guarda do Embaú, distrito do município de Palhoça, no mesmo estado. Filha do ex-surfista profissional e seu treinador Carlos Kxot, foi campeã Sulamericana Pro Junior, em 2016. Em 2017, passou pela triagem e disputou a etapa principal do Oi Rio Pro. Começou a surfar aos seis anos e, aos oito, já competia. Via fazer 15 anos no dia 8 de maio.

Taina Hinckel em ação. Foto: WSL / Sean Rowland 

Oi e Oi Futuro lançam edital voltado para projetos de surfe com impacto social em parceria com o Instituto Ekloos para beneficiar a Região dos Lagos.

Com o objetivo de apoiar projetos sociais que possam impactar a sociedade e democratizar o acesso ao esporte através do surfe, a Oi e o Oi Futuro, em parceria com o Instituto Ekloos, lançam hoje (quarta, 09/05) o Programa Oi de Aceleração Social de Organizações Esportivas. O evento será realizado na Associação de Surfe de Saquarema, parceira da Oi na seleção dos projetos que serão beneficiados. 

O Edital, voltado para projetos esportivos com atuação na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, beneficiará cinco iniciativas que possam desenvolver e aperfeiçoar seus processos de gestão e maximizar o seu impacto social. Com acompanhamento e aplicação das metodologias do Instituto Ekloos, o programa atuará no incremento das práticas de estruturação e inovação e na gestão dos selecionados. O objetivo é que ao final do programa as instituições estejam mais bem preparadas para captar recursos e gerar maior impacto social.

Tainá Hinckel, Tatiana Weston Webb e Bruno Cremona. Foto: Oi - Marcos André Pinto 

“A Oi acredita no poder do esporte como ferramenta de transformação social para a construção de uma sociedade mais justa e coletiva. Por isso, lançamos este edital, que vai ajudar organizações esportivas que trabalham com surfe na Região dos Lagos. Nossa intenção é apoiar iniciativas que fiquem como legado para essa região depois que o Oi Rio Pro acabar, fomentando a economia local, gerando empregos, capacitando moradores e promovendo impacto social através do surfe”, diz Bruno Cremona, gerente de Patrocínios e Eventos da Oi. 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 1 de julho de 2018. Estão aptos para participar pessoas físicas ou pessoas jurídicas que atendam às especificações no Edital Programa de Aceleração Social de Organizações Esportivas, disponível no site www.ekloos.org/editaloisurfe. 

O Instituto Ekloos atua em parceria com o Labora, que lidera as ações de inovação social do Oi Futuro, e busca soluções inovadoras e de impacto para as cidades e a gestão cultural. O Labora é um ambiente de conexão, aprendizagem e criação para organizações e empreendedores comprometidos com a transformação de impacto. O Labora oferece programas de aceleração para projetos e negócios sociais em diferentes fases de maturação e perfil empreendedor. A proposta é impulsionar o desenvolvimento de soluções de impacto para os problemas das cidades. “A parceria é uma oportunidade do Oi Futuro, por meio do Labora, de apoiar projetos que beneficiem a Região dos Lagos que gerem um impacto social positivo por meio do esporte”, acrescenta Sara Crosman, diretora executiva do Oi Futuro. 

O Instituto Ekloos é uma aceleradora social sem fins lucrativos, fundado em 2007. Utilizando uma combinação de metodologias inovadoras próprias e adaptadas do mercado corporativo empreendedores sociais de ONGs e negócios sociais recebem melhorias e capacitações para estruturarem seus projetos e ampliarem o impacto social gerado. O trabalho da Ekloos é diferenciado, pois durante um período mínimo de 9 meses, os empreendedores são acompanhados individualmente, garantindo a melhoria das organizações em cinco áreas: gestão estratégica, projetos, marketing, tecnologia e negócios.

Fonte: Edição: Edson Andrade - Reportagem: Simone Lanes e Laura Borges


Adrenanews - Todos os Direitos Reservados

Site desenvolvido por Arara Azul